top of page
Buscar
  • n9nadigital

Morar nos EUA: por onde começar?


Diversos são os caminhos para iniciar sua jornada no país


Quantas pessoas você conhece que têm o sonho de se mudar para os Estados Unidos? Não é à toa que a maior comunidade brasileira no exterior está no lá: de acordo com o levantamento "Comunidade Brasileira no Exterior", divulgado pelo Ministério de Relações Exteriores em agosto de 2022 [https://www.gov.br/mre/pt-br/assuntos/portal-consular/arquivos/14-09_brasileiros-no-exterior.pdf], a comunidade brasileira nos EUA conta com cerca de 1,9 milhão de pessoas.


Mas afinal, por onde começar para seguir este sonho de forma tranquila e dentro da legalidade? De acordo com o advogado especialista em imigração para os Estados Unidos, Murtaz Navsariwala, da Murtaz Law - escritório especializado em imigração baseado em Chicago -, existem três formatos mais utilizados para conhecer ou até viver no país.


O primeiro é por meio do visto de Turismo - ótima oportunidade para conhecer um pouco mais sobre o país, sua cultura e entender se quer mesmo começar uma nova história por lá. Normalmente o tempo de estadia é de até 180 dias, podendo ser estendido por mais 180 dias. O prazo oficial para conseguir o visto de turismo e negócio (B1/B2) no consulado americano em São Paulo é de 452 dias.


Outra opção interessante é o visto de Estudante - para isso é preciso se inscrever em um programa de estudos credenciado pela USCIS (U.S. Citizenship and Immigration Services - Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA) e obter o I-20, documento fornecido pelas instituições de ensino e que permite que o aluno solicite o visto. “Essa é uma ótima escolha para quem quer conhecer melhor o estilo de vida americano, aprender o idioma na prática e até mesmo conhecer lugares que jamais visitaria como turista”, destaca o especialista.


Já para os brasileiros que pretendem estabelecer residência permanente por lá, iniciando uma nova etapa profissional, Murtaz recomenda o visto de Trabalho. Dentro deste formato existem inúmeras possibilidades, porém é preciso entender suas especificidades, de acordo com o perfil do profissional. Pensando nisso, o advogado elencou os três principais modelos de vistos e quais são seus requisitos.


  1. EB1-A Voltado para profissionais com habilidades extraordinárias em sua área de atuação, ou seja, ideal para aqueles que se destacam dentro do seu segmento, com currículo extraordinário, premiações e histórico incontestável. Atletas e cientistas estão entre as profissões que mais se encaixam neste perfil.


  1. EB2-NIW Direcionado para profissionais com diplomas avançados - como doutorado, mestrado ou bacharelado com cinco anos de experiência de trabalho progressivo na área - ou com habilidades excepcionais, ou seja, aqueles que estão acima da média em seu segmento e que precisam comprovar, a partir de uma apresentação de plano de continuidade profissional, que contribuirão significativamente para o desenvolvimento do país. Dentre as profissões que se encaixam neste visto estão: enfermeiros, médicos, engenheiros e profissionais de tecnologia. Não é necessário ter uma oferta de emprego americano para conseguir este visto.


  1. EB-3 Este modelo de visto é voltado para quem possui habilidade especializada em sua área, exclusivo para profissionais que já têm um empregador americano disposto a patrociná-lo e auxiliá-lo a passar pelo processo de certificação do trabalho.


Vale destacar que vistos de trabalho são opções efetivas para quem busca pelo Green Card (visto permanente de imigração) e todo o processo deve ser realizado por profissionais qualificados para que não haja nenhum problema futuro e para que seja possível começar uma vida no país de forma legal.


Murtaz Navsariwala

Advogado especialista em imigração para os Estados Unidos


Baseado em Illinois (EUA), Murtaz Navsariwala é advogado especialista em imigração para os Estados Unidos. Com formação em Economia e História pela Northwestern University e doutorado em Direito pela Indiana University Bloomington (Maurer School of Law), é fundador do escritório de advocacia Murtaz Law, onde há mais de uma década atua com sucesso em casos de imigração temporária, familiar, naturalização, e, principalmente, com visto de trabalho (EB2-NIW), que possibilita o Green Card e no qual construiu sua reputação. Atualmente detém uma taxa de conversão que chega a 99,5% dos casos aprovados.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page